sábado, junho 15, 2024
HomeSegmentoEventoGeraldo Alckmin recebe demandas em reunião na CIC Caxias

Geraldo Alckmin recebe demandas em reunião na CIC Caxias

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, participou nesta segunda-feira (27), de uma reunião na Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC Caxias) para discutir os impactos econômicos e sociais das recentes enchentes que afetaram o estado do Rio Grande do Sul. O encontro reuniu empresários e lideranças regionais, contando com a presença de diversas autoridades, incluindo o governador Eduardo Leite, o ministro da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, o ministro do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e o secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, Francisco Macena. 

O presidente da CIC Caxias, Celestino Oscar Loro, entregou a Geraldo Alckmin um documento com recomendações, destacando a necessidade de ações prioritárias como a reconstrução urgente das rodovias BR-116 e BR-470, melhorias no Aeroporto Regional Hugo Cantergiani, reforço na segurança das relações trabalhistas e acesso a linhas de crédito e financiamentos para garantir a manutenção dos empregos e a continuidade das atividades produtivas no Rio Grande do Sul. “O encontro de hoje gerou grande expectativa de que o governo federal intensifique as medidas de apoio à reconstrução do estado. Pudemos expressar nossa profunda preocupação com a continuidade das empresas e a preservação dos postos de trabalho. Em poucos dias, as empresas precisam pagar a folha salarial, mas muitas estão alagadas há mais de 20 dias e necessitam de todo o apoio financeiro e segurança trabalhista possível neste momento”.

Durante o encontro, Alckmin anunciou que o governo federal editará, nos próximos dias, uma medida provisória destinada a liberar R$ 15 bilhões para grandes empresas do Rio Grande do Sul afetadas pelas chuvas. Esse apoio será oferecido por meio de um fundo social, com empréstimos realizados via BNDES, que terá uma unidade avançada em Porto Alegre. O vice-presidente também afirmou que as cooperativas de crédito serão incluídas em uma próxima medida provisória para participar dos programas de ajuda ao estado.  Disse ainda que o governo já liberou crédito com juros real zero, para o setor produtivo gaúcho, por meio dos programas nacionais de Apoio a Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

Além disso, Alckmin informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionará o projeto sobre depreciação acelerada, que visa incentivar as fábricas a adquirirem novo maquinário industrial. O vice-presidente também destacou o projeto que cria o programa automotivo Mobilidade Verde e Inovação (Programa Mover).

Durante a coletiva, os ministros Paulo Pimenta e Waldez Góes informaram que já está disponível às famílias gaúchas cujas residências foram afetadas pelas enchentes o recurso do Auxílio Reconstrução.

Ao todo, 44 mil famílias já podem confirmar o cadastro para receber auxílio, por meio do site www.gov.br/reconstrução.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CIC – Jornalista Marta Guerra Sfreddo (MTb6267)

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments