quarta-feira, junho 12, 2024
HomeEconomiaMercado Livre de Energia bate recorde de migração de empresas

Mercado Livre de Energia bate recorde de migração de empresas

Consultoria caxiense viu a procura quase duplicar, impulsionada pela abertura de mercado a companhias de menor porte

A migração ao Mercado Livre de Energia está longe de ser assunto restrito a grandes companhias. A pauta chega com força em empresas de pequeno para médio porte, e faz a demanda do setor explodir. O reflexo já é contabilizado pela Perfil Energia, consultoria caxiense de gestão estratégica de energia elétrica, que viu a procura subir 90% no primeiro semestre deste ano (percentual bem acima do crescimento nacional do segmento, de 52%).

Nesse avanço estão computados os clientes migrados no período no Ambiente Livre de Contratação e os contratos fechados, mas com efetivação prevista para o ano que vem.

Isso porque, embora a nova portaria só permita o acesso de todos os consumidores ligados em alta tensão (grupo “A”), definidos como “varejistas”, a partir de janeiro de 2024, a formalização dos contratos precisa ocorrer seis meses antes, a tempo de comunicar o desvinculo à concessionária local.

“As empresas de todos os setores estão enxergando como oportunidade. Amadureceram a ideia e vêm aderindo desde o início do ano a essa modalidade que traz facilitadores, o que tem impulsionado o nosso setor”, explica Daniel de Barros Cardoso, executivo de Relacionamento da Perfil Energia, empresa com sede no bairro Exposição, em Caxias do Sul, e atuação nacional.

Esse é um tema que vai crescer muito, e envolve a liberdade de as empresas escolherem seu fornecedor de energia elétrica (sem ficar refém da distribuidora local), num modelo que já ocorre hoje com a telefonia.

Momento único de preço

Além da legislação permitir a abertura de mercado, com liberdade de escolha do fornecedor de energia para empresas com demanda contratada menor de 500 kW, o momento de apostar no Mercado Livre de Energia não poderia ser mais propício. O contexto perfeito garante preços jamais encontrados no setor, por reunir fatores como clima favorável à geração de energia, mercado ainda desaquecido e excesso desse insumo à disposição.

É consenso que o preço da energia elétrica chegou ao piso, sem viabilidade de mais recuo. Portanto, o momento aos executivos é de se proteger quanto ao futuro e garantir a aquisição de energia elétrica mais barata.

Selar contratos no Mercado Livre é o passaporte de liberdade para definir o preço que se vai pagar e o prazo em vigor do contrato, fazendo com que o empresário tenha em suas mãos o planejamento desse insumo tão vital a seu negócio (normalmente a terceira rubrica, só atrás de folha de pessoal e matérias-primas). A economia na fatura chega a 35%, em média, mas a autonomia é outro ponto que pesa na decisão de migração ao Ambiente Livre de Contratação.

“O empresário tem o poder e o controle do preço, da condição, por quanto tempo, com contratos aderentes às suas necessidades. A energia elétrica faz parte do custo do seu produto. Ele não está mais submetido a uma decisão do governo. O empresário está entendendo isso e tem exemplos de outras empresas que já estão colhendo bons resultados no Mercado Livre”, destaca Daniel.

Para fazer frente a essa grande demanda, a Perfil Energia vem reforçando a equipe de trabalho mês a mês. Por se tratar de uma atividade tão específica e singular, o treinamento faz-se necessário, mas a qualificação técnica também. Integram a equipe multidisciplinar da empresa profissionais como engenheiros elétricos, administradores de empresa, engenheiro de produção e ambiental, advogados, eletricistas e eletrotécnicos.

Recomendação de estudo para fatura

mensal acima de R$ 10 mil

A recomendação da Perfil Energia é que empresas com consumo médio acima de R$ 10 mil ao mês já encontram credencial para buscar um estudo de viabilidade para sua migração ao Ambiente Livre de Contratação. Os casos são analisados individualmente. Além do custo menor, é a garantia de aquisição de energia elétrica de fontes renováveis, como eólica, solar, pequenas centrais hidrelétricas ou provenientes de biomassa (de origem vegetal, como queima da casca do arroz, do bagaço de cana-de-açúcar, etc).

“Estamos no melhor dos cenários. O momento é de piso de energia. Daqui para a frente, não se sabe o que vai acontecer. Se for retomada a atividade industrial forte, o preço sobe. Melhor do que está agora, não fica. Estamos numa época excepcional para renovação de contratos e para planejar a migração”, sentencia Daniel de Barros Cardoso, executivo de Relacionamento da Perfil Energia.

52% de avanço no país

A performance da Perfil Energia supera, e muito, a nacional. Uma das explicações é que a consultoria está situada em uma região pródiga economicamente, sendo o segundo maior polo metalmecânico do país, só atrás do ABC Paulista.

No primeiro semestre de 2023, no Brasil, houve recorde de migrações de consumidores ao Mercado Livre de Energia, com avanço de 52% na comparação com a primeira metade do ano passado.

Balanço da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) aponta que, de janeiro a junho, o segmento ganhou 3.330 novas unidades, sobretudo de empresas ligadas ao comércio, serviços e ramo alimentício. Ao final de junho, 34,4 mil indústrias e estabelecimentos comerciais figuravam nesse ambiente de contratação.

O Rio Grande do Sul é o segundo estado em volume de migrações, ficando atrás somente de São Paulo, onde a industrialização é mais intensa. O Mercado Livre de Energia responde hoje por mais de 37% da demanda total de eletricidade do país.

Fique atento: a partir de janeiro de 2024, todos os consumidores ligados na alta tensão terão a opção de migrar para o ambiente, independentemente da sua demanda. Essa mudança está prevista na Portaria 50/2022, do Ministério de Minas e Energia. Com essa novidade, a Câmara de Comercialização estima um potencial de 72 mil novos pontos de consumo que terão viabilidade para escolher mudar para o segmento.

 A saber: há 20 anos no mercado, a Perfil Energia é uma consultoria caxiense de gestão estratégica de energia, com atuação nacional e clientes reconhecidos em inúmeros setores. É referência no Mercado Livre de Energia Elétrica, possibilitando que os clientes corporativos busquem fontes renováveis, com custos mais acessíveis e flexibilidade de contratos em relação ao setor tradicional. Os ganhos são tanto econômicos quanto ambientais.

A Perfil Energia está localizada no 15º andar do W Tower, no bairro Exposição, em Caxias do Sul.

PERFIL ENERGIA

Rua Alfredo Chaves, 1208 – 1506 – bairro Exposição

Telefone: (54) 3025-1080

www.perfilenergia.com.br

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments