sábado, maio 18, 2024
HomeEconomiaForça-tarefa da CDL Caxias e SPC negocia mais de R$ 2,5 milhões...

Força-tarefa da CDL Caxias e SPC negocia mais de R$ 2,5 milhões de dívidas para a economia local

Quatro mil acordos foram feitos entre consumidores e lojistas na quinta edição da campanha. Lojas de roupa, óticas, academias e instituições de ensino foram os segmentos mais procurados. Desde 2018, ação já recuperou R$ 7,3 milhões de passivos

Mais de R$ 1,5 milhão já voltaram a girar na economia caxienseatravés da quinta edição da campanha de regularização de dívidas da CDL Caxias e do SPC Brasil. Entre outubro de 2022 e janeiro de 2023, quatro mil dos 13,7 mil consumidores que procuraram o feirão renegociaram suas pendênciase começaram o ano com o nome limpo no comércio local. Além do montante que já está em circulação, com a força-tarefa mais R$ 1 milhão foram renegociados e devem ser injetados ao longo de 2023, somando, no total, R$2.585.440,45 em passivos resgatados nesta edição. Em cinco anos, o mutirão já recuperou cerca de R$ 7,3 milhões.

Com isenções de multas e descontos que chegavam a 80%, lojas de roupa, óticas, academias e instituições de ensino lideraram os segmentos com maior índice de dívidas quitadas. No total, 1,1 mil empresas associadas à CDL Caxias participaram da iniciativa. 

Quatro mil acordos foram feitos entre a população e o comércio caxiense durante a quinta edição do feirão. Em cinco anos, campanha resgatou cerca de R$ 7,3 milhões para a economia local       Créditos: Noriana Seefeld Behrend/CDL Caxias, divulgação

Para a coordenadora de SPC e Cobrança da CDL Caxias, Rita Pereira, o balanço da ação foi positivo, mesmo com o cenário atual, que ainda reflete a retomada pós-pandemia e a alta da inflação no país. A gestora acredita que entre os fatores que contribuíram para o bom resultado estão os prazos de pagamento mais alongados e a maior adesão da população. Além disso, a abertura do atendimento do SPC em dois sábados durante a campanha também colaborou, já que muitas pessoas trabalham durante a semana.

“Percebemos um aumento significativo da inadimplência no país e mesmo com esta conjuntura tivemos uma boa recuperação. Nesta edição, as empresas associadas foram mais receptivas e ofertaram condições muito acessíveis, contribuindo para o bom resultado de renegociações”, avalia.

Segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL)/SPC Brasil, o número de inadimplentes no país bateu novo recorde em novembro de 2022. No mês, 65,53 milhões de brasileiros estavam endividados, ou seja, 9,68% a mais em relação ao mesmo período de 2021.

Já em Caxias do Sul, em dezembro, 153,7 mil pessoas estavam com o nome negativado no sistema SPC Brasil/CDL Caxias, alcançando uma expansão de 6,30% no ano.

LOGO

Assessoria de imprensa CDL Caxias do Sul
MCom Comunicação (@mcomcomunicacao)
          
Camila Ruzzarin: camila@mcombr.com.br | (54) 9.9190.1392Cassiano Farina: cassiano@mcombr.com.br | (54) 9.9937.9027         
Júnior Kugert:
 imprensa@mcombr.com.br | (54) 3538.3048

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments