domingo, junho 23, 2024
HomeSegmentoComércioFesta da Uva vai comemorar 150 anos da imigração italiana e terá...

Festa da Uva vai comemorar 150 anos da imigração italiana e terá seis desfiles na Sinimbu

Programação foi divulgada na terça-feira (16), juntamente com o edital para a escolha da música do evento

A principal festa de Caxias do Sul dará início às comemorações dos 150 anos da chegada dos italianos à Serra Gaúcha. A 34ª edição da Festa Nacional da Uva terá como tema Caminhos e Lugares, em alusão ao desembarque dos imigrantes que povoaram a região a partir de 1875. Entre os momentos mais aguardados do evento, os desfiles cênicos colocarão a temática em destaque. Serão seis exibições de 15 de fevereiro a 2 de março. As apresentações serão na Rua Sinimbu, no trecho entre a Alfredo Chaves e a Dr. Montaury, sempre às 20h (confira abaixo as datas).  O tema da Festa e as datas dos desfiles foram apresentados na terça-feira (16), em coletiva de imprensa, no Hotel Intercity Caxias do Sul. A Comissão Comunitária da Festa da Uva e a Secretaria Municipal da Cultura também lançaram o edital do concurso para a escolha da música da próxima edição (veja abaixo como participar).A secretária da Cultura de Caxias do Sul, Cristina Nora Calcagnotto, destaca que o evento será realizado “a muitas mãos”. Segundo ela, um dos objetivos é reaproximar a comunidade da Festa, que projeta o nome de Caxias do Sul nacionalmente. “O tema da 34ª Festa traz um resgate de quem éramos e valoriza quem nos tornamos. Traça uma relação entre o passado, o presente e o futuro, para o melhor entendimento da nossa trajetória. Não podemos falar de Caxias hoje sem percebermos a nossa história. Hoje Caxias é plural, é multicultural. Tem belíssimos lugares que retratam as nossas origens e também outros lugares que mostram o desenvolvimento da nossa sociedade. Foram muitos os caminhos percorridos para chegar até aqui. A Festa de 2024 será linda e promissora.” – afirma Cristina. Após a edição de 2022, realizada sob protocolos de segurança para evitar o contágio pela covid-19, a programação do próximo ano também irá possibilitar o reencontro com abraços e sorrisos descobertos. Diante disso, o prefeito Adiló Didomenico salienta que o envolvimento da comunidade reforçará o potencial do evento: “Queremos desenvolver o sentimento de pertencimento das pessoas em relação à Festa. Se o pessoal se envolver, promete ser uma das maiores festas da história, até pela vontade que as pessoas têm de se encontrar, de conviver. Vai ser a primeira Festa sem uso da máscara. Na outra nós ainda tivemos várias restrições, como uso da máscara e passaporte vacinal. Então, é muito importante. Nós queremos que toda a comunidade se envolva, porque a Festa é nossa, é do povo. É esse sentimento que a gente tem que passar para as pessoas” – pontua o prefeito.  Espaço de lazer e diversão, a Festa da Uva movimenta a economia regional, com as feiras agroindustrial e multissetorial. Nos próximos dois meses, a empresa responsável pela comercialização dos estandes deve começar o trabalho dessa outra etapa do envolvimento local com o evento, mas que também costuma extrapolar os limites de Caxias do Sul, atraindo expositores de outras regiões. “Acreditamos que serão de 250 a 300 espaços para a venda, mas não está finalizado ainda, porque estamos trabalhando em cima do mapa do Centro de Eventos, do Pavilhão 1 e do Pavilhão 2. Tem a área de alimentação e a área externa do Parque também para trabalhar. Projetamos que até meados de julho seja liberada a venda dos espaços”- destaca o presidente da Comissão Comunitária da Festa da Uva, Fernando Bertotto. A Festa da Uva será realizada de 15 de fevereiro a 3 de março, no Parque Mário Bernardino Ramos (Pavilhões da Festa da Uva).
Mais sobre o tema da Festa da Uva *Texto de Magali Quadros, diretora-geral da Secretaria Municipal da Cultura Na Itália de 1875, em plena recessão econômica, sem expectativa de melhorar a situação de pobreza, para muitas famílias só havia um caminho: La Mèrica. Com suas vidas devastadas, mas cheios de esperança, os emigrantes juntam seus poucos pertences e suas maiores riquezas, seus filhos, e partem para o distante e desconhecido Brasil. Aqui percorreriam árduos e laboriosos caminhos na busca do Paese di Cucagna e forjariam outros lugares onde pudessem recomeçar a sonhar e a construir um novo lar. Abriram picadas, estradas e avenidas. Construíram taperas, casas e prédios. Montaram oficinas, comércios e fábricas. Semearam e colheram os frutos do seu trabalho. Inventaram sua própria cocanha. No 2025, que se avizinha, comemoraremos o sesquicentenário da imigração italiana. Sem dúvida uma data importante para a cidade e região. Ocasião para refletirmos sobre a nossa história, nossas conquistas, venturas e desventuras. Mas também é tempo de festejarmos o hoje, desfrutarmos a beleza dos caminhos e dos lugares, nos alegrarmos com as músicas e as danças, degustarmos os diferentes sabores e usufruirmos da hospitaleira convivência das pessoas. Juntos com outros imigrantes, migrantes e nativos comemoramos as vitórias de todos e de cada um que aqui vive. Damos as mãos aos conterrâneos e abraçamos o visitante, pois é tempo de Festa da Uva, tempo de vivermos nossos caminhos e lugares.
Desfiles cênicosDatas:15 de fevereiro, quinta-feira17 de fevereiro, sábado21 de fevereiro, quarta-feira25 de fevereiro, domingo28 de fevereiro, quarta-feira2 de março, sábadoHorário: 20hOnde: Rua Sinimbu, entre a Alfredo Chaves e a Dr. Montaury *Duas datas estão reservadas para o caso de chuva em dias programados dos desfiles: 23 de fevereiro, uma sexta-feira, e 3 de março, um domingo. Esse último será usado para repor o desfile do dia 2 de março, se chover. Como participar do concurso da música da Festa A Festa Nacional da Uva 2024 realizará o concurso da música tema, com o objetivo incentivar o setor da produção musical autoral. Para a inscrição, é permitida a participação de músicos residentes em Caxias do Sul há, no mínimo, dois anos. Cada concorrente poderá inscrever apenas uma música como letrista, sendo admitida a sua participação em outras propostas inscritas desde que ocupe outras funções. Além disso, a composição deverá ser inédita, não podendo ter sido gravada, editada ou comercializada anteriormente, mesmo que parcialmente, sob a pena de desclassificação. Quem tiver a maior pontuação vencerá o concurso e receberá o montante de R$ 12 mil para a produção e gravação da música definitiva cedendo os direitos autorais à Comissão Comunitária da Festa para comercialização, edição, divulgação, bem como para criar versões em quaisquer idiomas, publicar e rearranjar o conteúdo parcial ou total, modificar a estrutura, texto da letra ou ceder a terceiros, em caráter permanente. Os interessados devem realizar a inscrição por meio de formulário, que estará disponível juntamente com o regulamento no site da Festa da Uva 2024 e no site da Secretaria Municipal da Cultura, desta terça-feira (16) até 18 de junho. O formulário para a inscrição pode ser acessado neste link.
RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments