sábado, junho 15, 2024
HomeSegmentoComércioFactory Beer lança primeiro chopp sem álcool em growler do Brasil e investe R$ 2,8...

Factory Beer lança primeiro chopp sem álcool em growler do Brasil e investe R$ 2,8 milhões em tecnologia e automação da produção

Expectativa é de que o novo produto aumente em 50% o volume de vendas do estilo Pilsen e represente em torno de 20% do faturamento da fabricante de cerveja artesanal

Uma das cervejarias artesanais pioneiras no Rio Grande do Sul e a segunda mais antiga do Estado, desde 1998 produzindo seguindo a lei da pureza alemã, a Factory Beer está de olho em um mercado promissor que tem apresentado o maior avanço de consumo nos últimos anos no Brasil: o das cervejas sem álcool. Essa categoria saiu de um patamar de 140 milhões de litros vendidos em 2019 para 400 milhões de litros em 2022, segundo levantamento da empresa de pesquisa de mercado Euromonitor International para o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv). E dentro do universo de 16,1 bilhões de litros projetados para 2023, 515 milhões de litros são da categoria zero, o que representa aproximadamente 3% do volume total de vendas no país e uma alta de 30% em relação ao último ano. Atenta a esse boom no consumo de produtos zero, impulsionado pela crescente busca do consumidor por um estilo de vida mais leve, saboroso e equilibrado associado aos investimentos do setor em inovação, a Factory Beer está lançando o primeiro chopp Pilsen sem álcool em growler do Brasil.

Factory Beer aposta no lançamento do primeiro chopp sem álcool em growler do Brasil
Crédito: Carla Gronefeld

A inovação chega ao mercado gaúcho, inicialmente de forma mais massiva na Grande Porto Alegre para em seguida ser pulverizada para todo o Estado, no estilo Pilsen versão pet de 1 litro. A empresa passou cerca de dois anos investindo em pesquisa e desenvolvimento para chegar ao produto não alcóolico, porém mantendo o sabor, a leveza, a refrescância e a cremosidade da espuma presentes na Pilsen tradicional.

Maiquel Daitx, diretor comercial da Factory Beer, explica que o lançamento em growler foi motivado pela popularização dessa embalagem durante a pandemia, quando as cervejarias tiveram que se reinventar e ofertar aos clientes o chopp fresco sem ser na torneira. O empresário acrescenta que a empresa fez uma pesquisa de mercado e encontrou vários públicos interessantes para o consumo de cerveja sem álcool, entre eles os evangélicos que estão em ascensão no Brasil, os idosos, as pessoas com restrições ao álcool por questões de saúde e recomendação médica, o motorista da rodada que vai dirigir e até mesmo atletas e esportistas. “A cerveja sem álcool é rica em sais minerais e tem propriedades isotônicas”, destaca Daitx.

Factory Beer_Chopp sem álcool em glower

A cervejaria está apostando inicialmente na Pilsen, que tem fácil aceitação do consumidor, mas já estuda o lançamento de outros estilos zero em breve. Segundo Daitx, a expectativa é que o chopp sem álcool eleve em 50% o volume de vendas do estilo Pilsen e que a categoria zero álcool passe a representar cerca de 20% do faturamento total da cervejaria. “Como o nosso produto é único no mercado e deverá estar presente em todos os pontos de vendas, estamos bastante confiantes no seu sucesso.”

Investimento de R$ 2,8 milhões

Para fazer frente aos projetos de expansão da Factory Beer no mercado de cervejas artesanais, a empresa planeja investir R$ 2,8 milhões até o final de 2023. O recurso será alocado em tecnologia e automação do processo produtivo, com a implantação de ferramentas de BI que permitirão diversos controles e informações armazenados em nuvem, podendo ser acessados e controlados remotamente, alinhando, assim, a produção da cervejaria com os princípios da indústria 4.0. “Hoje, 98% dos processos das cervejarias artesanais são ainda muito manuais e nós estamos caminhando para ter esse diferencial tecnológico e competitivo”, comemora o empresário. A previsão é que os novos equipamentos sejam instalados entre os meses de outubro e novembro.

Os investimentos irão praticamente dobrar a capacidade instalada da cervejaria. A equipe de profissionais receberá treinamento e capacitação para uso das novas tecnologias e processos, e as áreas comercial e logística deverão ser reforçadas em 25% a 30% com novas contratações para atender o aumento de vendas.

Recentemente, a Factory Beer investiu em um laboratório próprio para ampliar seus controles de qualidade, com análises microbiológicas e físico-químicas de todos os lotes produzidos. A empresa também investiu em sistema solar fotovoltaico e hoje é autossuficiente em energia. Em 2020, anunciou reposicionamento e nova identidade visual da marca, que passou a adotar a manchete “Aprecie com descomplicação” com o propósito de descomplicar o mercado cervejeiro e oferecer ao consumidor facilidade e leveza na apreciação de cervejas artesanais. Na mesma época, a cervejaria – que teve seus produtos consumidos por mais de duas décadas de forma exclusiva e selecionada em bares e no sistema delivery para eventos particulares – ingressou no varejo com o lançamento dos growlers pet de diversos estilos, como Export, Pilsen, American Ipa, Weiss e Brazilian Stout, democratizando o consumo de chopp nos lares da região.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments