domingo, junho 23, 2024
HomeSegmentoNegóciosConsumidores caxienses pretendem investir R$ 483 em presentes de Natal

Consumidores caxienses pretendem investir R$ 483 em presentes de Natal

Pesquisa de intenção de compras da CDL Caxias aponta crescimento de 8,8% nas comercializações deste ano. Mais de 75% dos consumidores devem ir às ruas e shoppings da cidade. Vestuário, brinquedos e calçados estão na lista dos itens preferidos para a data

A tradicional pesquisa de intenção de compras da CDL Caxias do Sul projeta que as vendas para o Natal deverão ter um incremento de 8,8%, em relação a 2021. A data comemorativa mais aguardada pelo comércio também poderá registrar uma alta de quase 10% no tíquete médio, chegando a R$ 483,77 por cliente.


A celebração deverá levar 75,6% dos consumidores às ruas e shoppings da cidade, em busca de 3,2 presentes para filhos/enteados (28,5%), companheiro (26,2%), pais (12,5%) e até mesmo para si (8,6%). Praticamente empatados, itens de vestuário (31,7%) e brinquedos (29,1%) lideram a lista de lembrançasseguidos de calçados (11,5%) e de eletrodomésticos e eletroeletrônicos (7%).       

“Muito por conta da magia e o encanto dos personagens lúdicos natalinos, a atenção desta data é para as crianças. Todos ganham presentes, mas os pequenos acabam roubando a cena. Enquanto os adultos recebem roupas e outros tipos de mimos, para a grande maioria das crianças ficam os brinquedos”, articula Carlos Alberto Cervieri, gerente Administrativo Financeiro da CDL Caxias do Sul.         

Maioria já decidiu o que presentear


O estudo realizado pelo Núcleo de Informações da entidade aponta que 62,7% dos entrevistados já sabem o que vão adquirir para o Natal. Pouco mais de 41% também afirmaram que compram o que os presenteados pedem e outros 33,1% concordam em alguns casos com as sugestões.


Quase 70% da população sinalizou ainda que a época do ano atrelada às decorações nos estabelecimentos e na cidade são fatores que os ajudam a lembrar da proximidade do dia 25 de dezembro. O clima em volta da data também influencia 49,6% das pessoas a comprarem ou gastarem mais e 35,7% a adquirirem mais itens para familiares.


“Os sentimentos de amor e gratidão que envolvem a data também podem refletir na sensibilização nos próprios estabelecimentos. Mais de 90% dos participantes consideram as decorações natalinas importantes e 79,3% disseram que as lojas enfeitadas aumentam a vontadedeles em entrarem e conferirem os produtos, ampliando as chances de negócios”, elucida Cervieri.         

A amostragem da CDL Caxias identificou que praticamente metade dos consumidores pretendem pagar os itens em dinheiro. Cartões de crédito (21,5%) e de débito (21,2%) e PIX (9,8%) aparecem na sequência.        

Sábados devem registrar maior movimentação 

Entre os dias da semana que os consumidores preferem ir às compras para o Natal, o sábado aparece com 45,6% das opções dos consumidores. Outros 38,2% devem adquirir os itens de segunda a sexta-feira e 16,2% no domingo.


“A ampliação do horário de funcionamento é boa dica para os lojistas que querem se diferenciar dos concorrentes. Os consumidores valorizam um bom atendimento, que envolve atenção, explicação sobre os produtos e ajuda na escolha. Outros fatores decisivos são diversidade e qualidade dos produtos, além da transparência no preço dos itens”, enumera o gerente da CDL Caxias.


As lojas de rua do Centro foram apontadas por 50,9% das escolhas, seguido dos shoppings, que neste ano devem dobrar o movimento frente a 2021, pulando de 12,1% para 24,6%. Os estabelecimentos nos bairros representam apenas 7,2% das opções para a data, enquanto o comércio virtual soma 16,4%.


“Dos participantes que manifestaram que não vão às compras para o Natal, quase 10% deles declaram que caso promoções e descontos fossem feitas pelos lojistas, talvez esses atrativos os motivariam ir em busca de presentes. É um percentual interessante, que pode ser usado a favor, com boas estratégias para ajudar a atrair mais clientes para o estabelecimento”, finaliza Cervieri.   

A Pesquisa de Intenção de Compras da CDL Caxias foi realizada com 637 moradores de diferentes pontos da cidade, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. O levantamento tem índice de confiança de 95% e margem de erro de 5% para mais ou para menos.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments