sábado, maio 18, 2024
HomeEconomiaUrca completa 70 anos e prevê crescimento

Urca completa 70 anos e prevê crescimento

Urca completa 70 anos e prevê̂ crescimento para a temporada 2023/2024

Empresa de sorvetes tem a sustentabilidade e a inclusão como pilares inegociáveis

São sete décadas de uma história que une crescimento econômico e a disposição para acompanhar as mudanças do mundo. Em 2023, quando completa 70 anos de trajetória, a Urca Sorvetes não está apenas maior, mas também mais inclusiva, sustentável e ainda mais determinada a seguir na vanguarda. Desde 1987, a marca é da família de Antônio e Sérgio, que a compraram por meio de um anúncio de classificados. De lá até aqui, abriu o primeiro buffet de sorvetes em Caxias do Sul, conquistou públicos de todas as idades e vem se mostrando uma marca integrada à cidade e preocupada com o meio ambiente.

Esses pilares fazem parte do dia a dia de Vinicius Dalle Laste, administrador da empresa, filho de Antônio, e responsável por continuar escrevendo essa história ao lado do irmão Ricardo e do primo Roberto. São eles que vão ditar os rumos das próximas décadas. E os objetivos estão traçados. “Na próxima temporada (2023/2024), a nossa meta é crescer 10% em pontos de venda e, a partir disso, aumentar o resultado operacional da empresa em 18%”, aponta Vinicius. Entre as estratégias para atingir esses números está um forte trabalho para difundir a marca em Santa Catarina, onde a Urca já atua em cidades litorâneas. Por lá, o crescimento de pontos de venda deve ser maior do que no Rio Grande do Sul.

Atualmente, a Urca se estrutura com pontos de venda licenciados e venda em mercados, e a meta é crescer em ambos. Todos os números, porém, estão sempre sustentados por dois pilares essenciais: sustentabilidade e inclusão. “Já temos a opção de pote biodegradável nos buffets e estamos de forma permanente olhando para tecnologias e inovações que nos permitam reduzir o uso do plástico. Além disso, já alteramos embalagens utilizadas no envase de sorvetes pela indústria por materiais que se decompõem de forma mais rápida no meio ambiente”, conta Vinicius. Transformar as lojas em pontos de coleta de materiais específicos é outra ação que busca contribuir com a preservação do meio ambiente. Recolhemos esses materiais e nossa parceria com o Caxias Lixo Zero garante sua correta destinação”, completa.

A geração de energia sustentável para a empresa, por meio de painéis fotovoltaicos, e projetos como o Jardim dos Sonhos, que incentivou a reutilização de potes de sorvete dos buffets para o plantio de mudinhas de flor, fazendo germinar a semente do amor à natureza nas crianças, são outros exemplos de ações efetivas dentro desse pilar. E falando em buffet de sorvete, essa forma de se servir chegou a Caxias do Sul a partir da Urca e foi fundamental para o seu crescimento. Antes disso, Antônio e Sérgio tinham negócios paralelos, até entenderem que precisavam se dedicar exclusivamente ao sorvete. Os pontos de venda só cresciam quando eles tinham dinheiro para comprar e fornecer o freezer para o revendedor. No momento em que chegou o buffet, a Urca explodiu. “Procuramos estar atentos ao que existe de mudanças no mundo e nos integrarmos a elas, especialmente no que está relacionado à inclusão”, ressalta Vinicius.

Esse é outro pilar fundamental que passa pela relação com equipe e clientes e, é claro, pelo produto. Além das linhas tradicionais e premium, a Urca produz sorvetes para veganos e intolerantes à lactose, bem como açaís para pessoas celíacas. Recentemente, cumpriu uma etapa que Vinicius considerava fundamental e buscava uma solução há tempo: ter rótulos acessíveis e inclusivos. “Queríamos que as pessoas cegas e de baixa visão pudessem ter a mesma experiência de compra de uma pessoa com boa visão, porque, no nosso entendimento, ser inclusivo é atingir a todos. Primeiro pensamos no braille, mas entendemos com a própria população cega que não seria uma ação efetiva. Seguimos em frente e, então, a startup Alia foi desenvolvida com a contribuição ativa da nossa indústria. Hoje temos orgulho de termos inserido do mercado o primeiro rótulo acessível do Brasil”, detalha. Através do aplicativo Alia Inclui, todas as informações são lidas para o usuário. O aplicativo orienta por voz para que a pessoa gire o produto até que a câmera capte o código de barras e, então, fala todas as características do produto, incluindo quantidade, sabor, ingredientes, informação nutricional, descrição da imagem contida na embalagem, entre outros. Desenvolvida a partir da necessidade da Urca, a Alia Inclui hoje vem trilhando o seu caminho com sucesso e chegando a novos clientes. A partir dessa tecnologia, a Urca evoluiu mais um pouco na sua disposição de ser inclusiva, o que deixa Vinicius orgulhoso.

Em 2023, para celebrar essa data tão emblemática, a Urca está com uma ação que promete envolver a comunidade. “Urca, 1 ano de sorvete grátis” é o nome da campanha que conta com 10 pontos de venda licenciados em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O regulamento pode ser conferido no site da Urca (www.sorvetesurca.com.br/regulamento) e também por meio das redes sociais. 

Com todas essas ações, a Urca vem se consolidando como uma marca caxiense que leva para fora daqui um sorvete com qualidade comprovada pelos números positivos de venda e preocupações com gestão de pessoas, meio ambiente e inclusão.

Que venha a próxima década!

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments