quarta-feira, junho 12, 2024
HomeCulturaProjeto cultural caxiense Livro Que Te Quero Ao Vivo alcança 100 mil estudantes gaúchos

Projeto cultural caxiense Livro Que Te Quero Ao Vivo alcança 100 mil estudantes gaúchos

Ao todo, 15 cidades receberam iniciativas como ações literárias, teatro e cinema

O projeto cultural Livro Que Te Quero Ao Vivo surgiu da atuação de profissionais da Serra Gaúcha e alcançou 15 municípios e 100 mil estudantes na sua segunda edição, em 2023. Foram 38 ações literárias em oito cidades, sendo a última em Caxias do Sul, nesta semana. Além disso, também promoveu a distribuição de livros e capacitação para professores. Com o objetivo de despertar o gosto pela leitura, a proposta envolve o espetáculo teatral A Magia do Livro, a série literária Primum – O Primeiro Livro do Mundo e o filme Primum – O Grande Livro Mágico, feito por produtora caxiense e que em breve estará nas plataformas de streaming.  

A série literária é escrita pela caxiense Vivi Costa e conta a história dos feiticeiros Carmina e Magnus. Em oito livros, retrata as aventuras da dupla na busca pelos pedaços do Primum, o livro que reúne toda a sabedoria, mas que está despedaçado por acidente. É um convite para os estudantes conhecerem diferentes culturas e aprenderem com lições de amizade. 

A ação distribui gratuitamente os livros nas bibliotecas de escolas públicas. Já são quase 7 mil livros doados, nesta segunda edição, além de 600 encartes pedagógicos e 280 bibliotecas beneficiadas. Os professores recebem uma oficina de mediação de leitura com Vivi Costa e são convidados a trabalhar os textos com as crianças. Após, a escritora e o elenco do filme e do teatro visitam a escola e promovem um bate-papo, exibição do filme e apresentações da peça. 

EMEF Angelo Venzon (59)

“As 38 ações literárias desenvolvidas pelo projeto ao longo deste ano foram uma oportunidade de aproximar a arte da escrita das comunidades escolares. No meu entendimento, são ações como essas que dão maior significado, pois as histórias ganham vida. Os livros são buscados nas bibliotecas escolares com maior frequência, pois as crianças reconhecem personagens e estão familiarizados com o enredo, facilitando a compreensão e a interação com o texto narrativo”, salienta Vivi Costa.  

A autora também avalia a recepção tida por parte de estudantes e professores. “O destaque que faço se refere ao carinho recebido e ao retorno que tenho de equipes das escolas, das secretarias dos municípios em que tivemos ações presenciais e dos organizadores de feiras do livro onde tivemos a oportunidade de também levar o filme e o espetáculo teatral. Para 2024, seguiremos levando magia e fantasia com as aventuras de Carmina e Magnus por onde formos convidados”, conta. 

Neste ano, foram qualificados 540 professores da rede pública, em 15 cidades: Garibaldi, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Gramado, Farroupilha, Bento Gonçalves, Monte Belo do Sul, Antônio Prado, Ipê, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Torres, Vacaria, Nova Petrópolis e Lajeado. Ainda em 2023, haverá exibição do filme e interação com a escritora no dia 29 de novembro, na Feira do Livro de Nova Petrópolis – Vivi será a patrona. No dia 02 de dezembro, haverá interação com os personagens e bate-papo com a escritora no mesmo evento. 

Todos os produtos relacionados ao projeto são acessíveis: os livros têm versão com audiodescrição, o teatro tem intérprete de LIBRAS e o filme tem versão com audiodescrição e legendas adaptadas. Para agendar ações para 2024, as escolas interessadas podem fazer contato pelo site www.livroaovivo.com.br, por onde também é possível adquirir os livros da série.   

EMEF PedroCattani (38)

Ligação com autora caxiense 

A professora Viviane Plegge, da Escola Municipal Osvaldo Cruz, de Caxias do Sul, utilizou a série literária no projeto Horas do Conto. “O conteúdo permite aos estudantes viajarem junto com os personagens na busca pelas partes do ‘Livro dos livros’ espalhadas pelo mundo e assim conhecerem muitos lugares, suas características e culturas locais. Eles curtiam cada hora do conto envolvendo-se nas aventuras de Carmina e Magnus. O fato de a autora ser caxiense tornou o trabalho ainda mais admirado por eles e criaram a expectativa de um dia poder conhecê-la”, conta. A autora participou da mostra literária da escola, quando se encontrou com os leitores. Os estudantes também foram convidados para assistirem ao filme Primum no cinema.  

“Com certeza, ‘Livro Que Te Quero ao Vivo’ foi uma vivência inesquecível para eles. Eu, como professora, agradeço a Vivi Costa e toda equipe por proporcionar profissionalmente uma sensação de dever cumprido nas Horas do Conto. Para os estudantes, ficam muitas aprendizagens e a inspiração e o exemplo do trabalho de caxienses que nos representam muito bem na literatura”, percebe a professora. 

Encantamento para as crianças 

Para a professora Cristiane Beltrame Padilha, diretora da Escola Municipal Profª Ilda Barazzetti, de Caxias do Sul, os livros ajudaram a fazer com que as crianças acreditassem mais em suas capacidades. “Foi muito importante receber esse projeto. A alegria das crianças lendo os livros, assistindo ao filme, interagindo com os personagens e a escritora estimula demais a leitura. Nosso objetivo é que sejam bons leitores e bons escritores das atividades normais da escola e da sua vida diária. Os professores conseguiram explorar bem os textos com eles, fazendo com que viajassem pelo mundo e permitindo que as crianças estabelecessem relações e percebessem o quando o planeta é diverso. Isso é mágico”, reforça. 

Da mesma forma, a professora Andreia de Quadros, vice-diretora da Escola Municipal Armindo Mário Turra, de Caxias do Sul, explica por que escolheu trabalhar com a proposta. “Cada professor pode selecionar uma obra para trabalhar as habilidades dos estudantes em cada ano. Eles descobriram um leque de possibilidades muito maior que o imaginado, desde a Educação Infantil até o 9º ano do Ensino Fundamental. Estudaram mapas e viram que os livros podem realmente nos fazer viajar”, conta. 

Lei Federal de Incentivo à Cultura   

A ação cultural é realizada com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com o patrocínio de empresas, por meio de incentivo fiscal.    

Apoio: Fundação Marcopolo e Foco 3 Produções     

Patrocínio: Marcopolo, Espumatec, PerfilComp, Imobras, Hyva, Nutrire, Valeo, Pisani, Docile e Unyterra     

Realização: LFC Cultural e Ministério da Cultura do Governo Federal – Brasil: União e Reconstrução     

Pronac: 203456    

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments