sábado, junho 15, 2024
HomeEducaçãoMulheres imigrantes realizam curso de auxiliar de cozinha e já podem ser...

Mulheres imigrantes realizam curso de auxiliar de cozinha e já podem ser contratadas

Interessados em contratar as formandas podem fazer contato com o Centro de Atendimento ao Migrante da Cruz Vermelha pelo fone/whats 54. 920015660

O curso de auxiliar de cozinha voltado exclusivamente para mulheres imigrantes foi promovido pelo Grupo Brinox, Express Restaurantes Empresariais, Cruz Vermelha Filial de Caxias do Sul e Secretaria de Segurança Pública e Proteção Social de Caxias. De 7 a 27 de julho, 13 alunas frequentaram as aulas na sede do Grupo Brinox em Caxias do Sul, sendo que a parte prática foi realizada na cozinha da unidade da Express Restaurante que existe dentro da empresa.

Durante o treinamento foram trabalhados diversos módulos, que contemplaram os temas de segurança na cozinha; EPI’s utilizados na cozinha; boas práticas de manutenção; armazenamento de produtos; processamento dos alimentos; higienização; relacionamentos saudáveis; lei maria da penha e rede de proteção à mulher; organização financeira; conhecendo o ambiente de cozinha; técnicas de cozinha básica; tipos de corte de hortifruti; decoração básica de pratos; método de cocção dos alimentos; comunicação assertiva; autoestima e apresentação visual; saúde e autocuidado; legislação/documentação brasileira; direitos das trabalhistas e previdenciários; mercado de trabalho & processos seletivos, totalizando 20 horas de formação. 

“O curso tem o objetivo de promover o empoderamento feminino, através da promoção da independência financeira de mulheres por meio de qualificação, para que sejam direcionadas ao mercado de trabalho e também desenvolvam o espírito empreendedor. A partir de agora essas mulheres estão aptas a atuar em restaurantes, hotéis, lanchonetes e similares”, pontua a gerente de RH do Grupo Brinox, Celiz Frizzo.

A atividade faz parte do Projeto Todas Seguras. O movimento do Grupo Brinox, objetiva levar informação à sociedade, chamando atenção para o Enfrentamento da Violência contra a Mulher, além de realizar ações de conscientização com os funcionários, qualificando as mulheres para inserção no mercado de trabalho e apoiando instituições de atendimento às mulheres vítimas de violência. A marca também lançou uma linha de produtos que destina 100% do lucro das vendas à entidades que atuam na defesa de mulheres que sofrem algum tipo de violência.

Desde 2018, o Grupo Brinox, que integra a Rede de Proteção a Mulher e já colaborou na formação de mais de 230 mulheres. Interessados em contratar as formandas podem fazer contato com o Centro de Atendimento ao Migrante da Cruz Vermelha pelo 54. 920015660.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments