sábado, junho 22, 2024
HomeSegmentoEventoFrasle Mobility e UCS consolidam parceria inédita de pesquisa para aplicação de...

Frasle Mobility e UCS consolidam parceria inédita de pesquisa para aplicação de novos materiais em autopeças

Sucesso do modelo de cooperação foi abordado durante a programação do 1º Simpósio de Materiais Avançados, nesta segunda (13)

Conectada com as megatendências da indústria automotiva e com o fortalecimento da pesquisa científica aplicada à inovação em produtos e processos de fabricação, a Frasle Mobility, que faz parte da Randoncorp, e a Universidade de Caxias do Sul (UCS) consolidam um modelo de cooperação adotado para o desenvolvimento de novas tecnologias e novos materiais. Realizado nesta segunda-feira (13), o 1º Simpósio de Materiais Avançados, promovido pela UCS e que integrou a 2ª Feira Brasileira do Grafeno, em Caxias do Sul (RS), foi o espaço para a apresentação da parceria. No painel de encerramento do Simpósio, ‘Frasle Mobility & UCSinova: inovação para uma vida em movimento’, foram apresentados detalhes da cooperação.

O painel teve a presença do diretor de Engenharia e Vendas OEM da Frasle Mobility, Alexandre Casaril, e do diretor superintendente de Tecnologia Avançada da Randoncorp, César Augusto Ferreira. Integraram o debate, ainda, o reitor da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Gelson Leonardo Rech, a pró-reitora de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico da Universidade, Neide Pessin, e o coordenador do Projeto, Robinson Carlos Dudley Cruz.

Por meio do acordo, assinado em 2017, a Frasle Mobility buscou na UCS, que atua como Instituto de Ciência e Tecnologia, uma parceria estratégica para o projeto que previa o desenvolvimento de uma nova matéria-prima com potencial de aumentar a competitividade dos produtos de fricção da marca Fras-le. Até este momento, as pesquisas comprovaram a viabilidade da aplicação em produtos destinados ao mercado ferroviário. Com o uso da nova matéria-prima, cujo projeto contém detalhes sigilosos de propriedade intelectual, foram identificados ganhos significativos em custo de materiais, otimização de processos de fabricação e maior desempenho em durabilidade do produto, podendo chegar a um TCO (Total Cost of Ownership) cerca de 30% melhor para o cliente final.

Outro destaque, que evidencia a sustentabilidade ambiental como pilar de negócio da Frasle Mobility, é a redução dos impactos ambientais da nova tecnologia. A análise do ciclo de vida do produto, realizada com auxílio de empresa especializada, mostrou uma redução superior a 40% na pegada de carbono em comparação com o que o mercado utiliza atualmente. A análise levou em conta aspectos como matérias-primas utilizadas na concepção do produto, processos de fabricação, logística de distribuição e taxa de desgaste de componentes.

Ao todo, foram investidos mais de R$ 2,6 milhões no projeto. A empresa dedicou mais de 3 mil horas de seus colaboradores em pesquisas, prototipagem, testes, geração de resultados do produto e aplicação do mesmo em frotas, envolvendo 12 profissionais. Enquanto os pesquisadores ligados à Universidade focaram na geração de informações fundamentais sobre a nova matéria-prima, as equipes de engenharia de produtos da Frasle Mobility concentraram-se no desenvolvimento de um produto e na aplicação em campo para potencializar a competitividade e mensurar a performance e os benefícios ambientais da iniciativa.

Este modelo de cooperação é singular, porque atuamos de forma compartilhada tanto nos riscos envolvidos numa pesquisa desse porte, como também nas conquistas que obtivermos, tanto do ponto de vista acadêmico, como do negócio”, destaca o diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Frasle Mobility, Alexandre Casaril.

O ecossistema de inovação da Universidade de Caxias do Sul, que emerge por meio da Agência de Inovação UCSiNOVA através das dimensões StartUCS, ITEC/UCS, TecnoUCS e CatalisaUCS, promove a articulação entre a Universidade, empresas, governo e comunidade para o desenvolvimento de pesquisas, projetos, serviços e negócios. “O objetivo é estimular e fomentar um ecossistema sinérgico de inovação e empreendedorismo”, afirma a pró-reitora de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico da UCS, professora Neide Pessin.

O reitor da UCS, professor Gelson Leonardo Rech, destaca o potencial da pesquisa conectada à inovação, como diferencial da Universidade de Caxias do Sul, fundamentado na excelência acadêmica. “A ampla interlocução estabelecida com o mercado se traduz a partir de iniciativas de impacto real no mundo produtivo. Nossa vocação de desenvolvimento regional se consolida cada vez mais nestes 56 anos de história”, afirma, contextualizando que, atualmente, a UCS se relaciona com cerca de 100 empresas, entre residentes no Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação – TecnoUCS e ligadas a projetos de pesquisa.

Com papel importante no projeto e buscando responder à crescente demanda da sociedade por conhecimento e tecnologia na área de Materiais, o Mestrado e o Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência dos Materiais da UCS (PPGMAT) oferecem uma formação de nível internacional aliada ao foco nas vocações da indústria nacional e à preocupação com a sustentabilidade local. A parceria dos profissionais da Frasle Mobility e dos pesquisadores do PPGMAT, na UCS coordenada pelo professor Robinson Carlos Dudley Cruz, possibilitou o desenvolvimento dos novos produtos, aliando uma conjugação de esforços da expertise científica e da infraestrutura laboratorial de referência disponível na Universidade.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments