quarta-feira, junho 12, 2024
HomeMeio AmbienteFras-le mantém elevada taxa de eficiência no uso de materiais

Fras-le mantém elevada taxa de eficiência no uso de materiais

Indicadores monitorados apontam valores de mais de 90% matéria-prima convertida em produtos nos processos fabris das unidades da Companhia

Em um trabalho que considera os princípios da economia circular e prevê uma gestão de recursos mais eficiente, a Fras-le promove ações em suas unidades de produção para otimizar do uso de matérias-primas e maximizar a reutilização, evitando desperdícios e a geração de resíduos. Uma das formas de monitorar essa eficiência é o controle dos indicadores de taxa de conversão, que representa a quantidade de matéria-prima adquirida que é convertida em produto.  Em média, ao longo dos últimos anos, esse indicador tem ficado igual ou superior a 90%, considerando o monitoramento das fábricas localizadas no Brasil.

Além disso, a busca por potencializar a economia circular, se traduz na reinserção de sobras de materiais, como resíduos de pó dos sistemas de exaustão e sucata metálica, na produção das autopeças e componentes automotivos para controle de movimentos. Como exemplos, a Fras-le recicla internamente cerca de 10% das matérias-primas utilizadas nos processos produtivos e, na fábrica em Caxias do Sul, cerca de 85% do pó de exaustão.

Para mitigar e reduzir os impactos, todas as unidades fabris da Fras-le contam com planos de gerenciamento de resíduos, que priorizam o reaproveitamento por meio da reciclagem e a destinação ambientalmente correta. Em 2021, conforme dados do mais recente Relatório de Sustentabilidade da Companhia, foram geradas 22,5 mil toneladas de resíduos. A sucata metálica, que representa o maior volume de resíduos não-perigosos gerados, cerca de 28% do total, é totalmente reciclada.

“Como parte da indústria automotiva, com um processo produtivo que envolve um elevado consumo de matérias-primas e gera resíduos, estamos cientes do nosso papel de transformação da sociedade. Para isso, trabalhamos continuamente em novos processos para reduzir o nosso impacto, por meio de ações que elevem ao máximo possível o aproveitamento dos materiais, a reutilização e reciclagem dos resíduos”, considera Anderson Pontalti, diretor-superintendente da Fras-le e líder corporativo da área de Saúde, Segurança e Meio Ambiente das Empresas Randon.

Outra forma de monitorar o desempenho ambiental das fábricas, é o aprimoramento constante dos sistemas de gestão utilizados, tanto nas unidades do Brasil como do Exterior. Das empresas da Fras-le, a matriz em Caxias do Sul (RS), além das plantas da Fremax, em Joinville (SC), da Jurid do Brasil, em Sorocaba (SP), da Fras-le North America, nos Estados Unidos, e da Fanacif, no Uruguai, são certificadas pela ISO 14001, que amplia a avaliação da eficácia do sistema de gestão em relação à cadeia de valor, aos riscos e oportunidades no ciclo de vida do produto.

RELATED ARTICLES
- Advertisment -

Most Popular

Recent Comments