Levantamento do SIMECS aponta aumento de demanda e recuperação das indústrias da região

Os sinais demonstram que a indústria da região está conseguindo superar os impactos da pandemia de Covid-19. O levantamento realizado neste mês pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e Região – SIMECS aponta que cerca de 70% das empresas perceberam aumento na demanda, 11% a mais do que na última apuração, em outubro. Praticamente metade das empresas que participaram dessa consulta, cerca de 48%, indicam que já retornaram aos níveis de resultados registrados no período anterior à pandemia, enquanto outros 31% preveem a retomada apenas para 2021, principalmente até março. O impacto no faturamento também segue melhorando em comparação com as consultas anteriores. Neste mês, cerca de 60% informaram que esse indicador aumentou.

Obter matéria-prima segue como o principal ponto de atenção para boa parte das empresas consultadas. Ao todo, 125 informaram dificuldade, o maior número absoluto desde o primeiro levantamento, realizado em abril. Os maiores problemas enfrentados são a variação e aumentos frequentes de preço e a dificuldade em receber os materiais, devido à falta de estoque de fornecedores. Entre os itens com maior escassez está o aço. “De acordo com o nosso levantamento, mais da metade das empresas enfrentaram ou ainda estão enfrentando dificuldades para conseguir essa matéria-prima, seguido de outros produtos como papelão, plástico e cobre. Isso é alarmante para o setor”, destaca o presidente do SIMECS Paulo Spanholi.

Das associadas que participaram desta rodada do levantamento, 144 empresas informaram ter realizado novas contratações. No total, pouco mais da metade (53%) contratou até dez funcionários e outros 14% fizeram entre 11 e 30 contratações. Segundo Spanholi, o momento aponta para uma retomada, mas é preciso cautela. “Estamos em meio a um período sensível de aumento de casos na região e no Estado. Precisamos reforçar nossos protocolos de saúde dentro e fora das nossas empresas, para contribuirmos com a segurança da população”, ressalta.

A sexta rodada do levantamento, que analisa a progressão dos efeitos da pandemia de Covid-19 nas empresas associadas ao SIMECS, ocorreu por e-mail, entre os dias 25 de novembro e 08 de dezembro, com a participação de 192 respondentes de diferentes cidades da região.

Balanço Social

 

O SIMECS também está lançando nesta semana a 21ª edição de seu Balanço Social, valorizando as ações desenvolvidas pelas mais de 3,3 mil empresas associadas. Com base nos dados de 2019 das companhias, o documento tem por objetivo informar os investimentos feitos pelas empresas representadas, especialmente na área social, tornando pública a preocupação e empenho das políticas empresariais em proporcionar aprendizado, formação técnica e oportunizar programas assistenciais a milhares de trabalhadores e seus dependentes. O Balanço pode ser acessado no site do Simecs (www.simecs.com.br).

 

 

SAIBA MAIS:

O Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul e região – SIMECS tem sede na cidade de Caxias do Sul, na Serra Gaúcha, e abrangência de outros 16 municípios. Representa mais de 3.300 empresas e atua como agente propulsor no fortalecimento da indústria e na busca pelo aumento de competitividade do setor.

Conheça mais em www.simecs.com.br.

Assine nossa newsletter

Preencha seus dados e cadastre-se para receber nossas novidades

Endereço:
Rua Jose Bisol, 1086, Bairro Lourdes 95072-280 Caxias do Sul, RS

Telefone:
(54) 9983.9372

Email:
atendimento@cq7.com.br

Últimas notícias